Descriçäo

A produção

A produção de vidro laminado de segurança é um magnífico exemplo para demonstrar que, com a união de dois materiais, se obtém um terceiro com umas propriedades completamente diferentes.

A produção deste vidro laminado realiza-se em três fases. Primeiro, colocam-se as folhas de vidro e a lâmina ou lâminas de butiral polivinil (PVB) sobrepostas, segundo a montagem prevista. Depois aquece-se este empilhamento, comprimindo-o ao mesmo tempo. Deste modo consegue-se unir os vidros e a lâmina ou lâminas de PVB.

Por último, toda esta união é tratada num autoclave a temperatura e pressão elevadas, operação depois da qual o laminado adquire excelentes propriedades de vidro de segurança.

A grande vantagem do vidro de segurança laminado é que combina perfeitamente a transparência do vidro frágil com a elasticidade do polivinil. No caso de rotura de uma das folhas, o vidro permanece colado à lâmina, não se desprendendo desta nenhum fragmento grande.

Outras das múltiplas e importantes propriedades deste tipo de vidro, é a alta resistência que oferece à rotura ou perfuração.Utilizando o mesmo método de fabrico, uma adequada combinação de vidro laminado, permite-nos obter uma vasta gama de vidros de segurança, ajustada a cada necessidade.

Características

Vidros de segurança
O termo segurança pode fazer referência a conceitos muito distintos. Atualmente, graças às normas europeias, esses conceitos encontram-se claramente diferenciados. As classificações são as seguintes:

1.      Segurança de utilização. Refere-se à resistência de um vidro perante o impacto de um corpo mole (uma pessoa), a sua forma de rotura e a possibilidade de produzir cortes significativos. Podemos associar este tipo de conceito à definição que até hoje era conhecida como “segurança física”, isto é, que danos pode provocar numa pessoa que tem um impacto imprevisto com o vidro.

2.      Anti agressão. A segurança anti agressão é aquela na qual se oferece proteção perante ataques intencionais, tais como agressões com lançamento de objetos e/ou pessoas, roubos, etc. Os vidros anti agressão podem quebrar-se ao sofrer um ataque, mas permanecem no local, de tal forma que atuam como retardadores, não permitindo a passagem através do mesmo.

3.      Anti bala. Este tipo de segurança oferece proteção contra ataques realizados com armas de fogo, tanto de um como de vários projéteis, considerando diferentes armas (pistola, revólver, espingarda) e calibres. Estes vidros, tal como os vidros anti agressão, quebram-se na sua ação de proteção, travando o projétil ao absorver a sua energia na fratura e deformação do próprio vidro.

4.      Anti explosão. Este conceito refere-se aos vidros resistentes à pressão de uma explosão, resistindo ao choque da onda expansiva e protegendo as pessoas dos danos que lhes possa causar. Os vidros anti explosão quebram-se e deformam-se, absorvendo assim a energia gerada na explosão. É necessário estabelecer diferentes níveis de proteção, uma vez que a intensidade das explosões é distinta em cada caso.

Dados Técnicos

MULTIPACT – A (Segurança Física)

Norma aplicável: “EN 12600”. Vidro para a construção. Ensaio pendular. Método de ensaio ao impacto e classificação de vidro plano.

Características do ensaio:
Esta norma classifica os produtos de vidro plano utilizados para a construção.
O método de ensaio consiste em soltar um pêndulo de 50 kg de massa, forrado com dois pneumáticos, de diferentes alturas e sem velocidade inicial, sobre uma amostra com as medidas de 876x1938 mm, aproximadamente.
Este ensaio classifica os produtos em três classes principais, dependendo de três parâmetros:
·         Altura de queda:
o   Valor 1 (1200 mm de altura)
o   Valor 2 (450 mm de altura)
o   Valor 3 (190 mm de altura)
·         Fragmentação ou forma de rotura:
o   A = recozido (aparecem rachaduras com muitos fragmentos cortantes)
o   B = laminado (aparecem rachaduras, mas os fragmentos não se separam e por isso não são cortantes)
o   C = temperado (ocorre a desintegração de partículas, que não provocam danos)
·         Altura máxima sem rotura ou com uma rotura especial: Segundo o ponto “a” do capítulo 4 da norma.
A combinação destes parâmetros atribui os diferentes níveis de segurança. Com este método de ensaio, aumenta-se a segurança das pessoas, através da redução de ferimentos por corte.
 
 

 
GAMA MULTIPACT A
 Produto Formato Características
 MULTIPACT 33.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 44.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 55.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 66.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 88.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 1010.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 1212.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 1515.1  Mono  1B1
 MULTIPACT 1919.1  Mono  1B1
 
 
MULTIPACT – B (Segurança anti agressão)
Norma aplicável: “EN 356”. Vidro para a construção. Ensaio e classificação da resistência ao ataque manual.

Características do ensaio:
Esta norma trata da resistência mecânica perante determinados ataques, isto é, estabelece as especificações relativas aos vidros de segurança concebidos para resistir a ações de forças, retardando a entrada de objetos e/ou pessoas num espaço protegido, durante um curto período de tempo.
Conforme a resistência à agressão, determina-se a classificação dos vidros.
Utilizam-se dois métodos de ensaio distintos para determinar os níveis de resistência.
1.      Método para o ensaio de queda:
O ensaio consiste na queda de uma esfera de aço de 4,11 kg, 3 ou 9 vezes, sobre uma amostra de vidro de 1100mm x 900mm, de forma que os impactos formem um triângulo equilátero. Em função da altura da queda e do número de impactos, obtém-se a seguinte classificação:
Categoria resistência Altura de Queda No de Impactos
P1A 1500 m 3
P2A 3000 m 3
P3A 6000 m 3
P4A 9000 m 3
P5A 9000 m 9
 
 
2.      Método de ensaio com machado:
Trata-se de um método de ensaio no qual se realiza um determinado número de marteladas e machadadas combinadas, sobre uma amostra de vidro de 1100mm x 900mm. As marteladas simulam a ponta achatada de uma cabeça de machado. Consiste em realizar uma abertura quadrada de 400mm x 400mm com um número mínimo de 12 marteladas. A seguir dão-se duas machadadas no mesmo perímetro do quadrado onde antes se tinham dado as marteladas.
O ensaio termina quando o quadrado de vidro quebrado estiver completamente separado do resto. A classificação das categorias realiza-se em função do número de impactos recebidos até então.
Categoria resistência   No de pancadas
P6B   de 30 a 50 pancadas de machado
P7B   de 51 a 70 pancadas de machado
P8B   71 ou mais pancadas de machado
 
 
MULTIPACT-C: (Segurança anti bala)
Norma aplicável: ”EN 1063”. Vidro para a construção. Ensaio e classificação da resistência ao ataque por balas.

Características do ensaio:
Esta norma estabelece os métodos de ensaio para a classificação de vidro em função da sua resistência às balas.
Os vidros anti bala dividem-se em 2 classes, em função da arma utilizada:
·         Arma curta ou rifle (BR): Dentro desta classe, distinguem-se 7 categorias. Para o ensaio utiliza-se uma amostra de dimensões 500mm x 500mm situada a 10 m de distância, sobre a qual se realizam 3 impactos, formando um triângulo equilátero.
·         Espingarda (SG): Aqui distinguem-se os níveis 1 e 2. Realizam-se 1 ou 3 disparos, a uma distância de 10 m, sobre uma amostra de 500mm x 500mm.
Classificação Tipo de Arma Calibre No. impactos
BR1 Rifle 0,22 LR 3
BR2 Arma curta 9mm Luger 3
BR3 Arma curta 0,357 Rem. Magnum 3
BR4 Arma curta 0,44 Rem Magnum 3
BR5 Rifle 5,56 x 45 3
BR6 Rifle 7,62 x 51 (comp. Torsão 175mm) 3
BR7 Rifle 7,62 x 51 (comp. Torsão 254mm) 3
SG1 Espingarda Cal. 12/70 1
SG2 Espingarda Cal. 12/70 3
 
 
MULTIPACT - D: (Segurança anti explosão)
Este tipo de segurança refere-se a vidros utilizados na construção e que são resistentes à pressão de uma explosão.
O método de ensaio consiste numa explosão perante uma amostra de 1100mm x 900mm, durante um determinado período de tempo.
Em função da pressão suportada pela amostra durante 20 minutos, classificam-se quatro níveis:
Categorias Pressão (kPa) Duração (ms)
ER1 50 ≤ Pr ≤ 100 20
ER2 100 ≤ Pr ≤ 150 20
ER3 150 ≤ Pr ≤ 200 20
ER4 200 ≤ Pr ≤ 250 20
 
 
 

Informaçao adicional

Dupont ™ SentryGlas® é o novo laminado intercalar de vidro o qual, comparando com as capas intermédias de polivinil (PVB), é cinco vezes mais resistente à rotura, por conseguinte mais forte, e até cem vezes mais rígido, o que permite a produção de vidros mais finos, maiores e mais leves para a utilização em fachadas, balaustradas, pavimentos e tetos, entre outras, uma vez que reduz a espessura do vidro até 30% e como consequência, também o peso.
Estas capas intercalares, desenvolvidas inicialmente para vidros instalados em zonas de furacões, ajudam a criar um vidro seguro que protege perante grandes tempestades, impactos mais fortes e explosões mais contundentes.

A capa intercalar DuPont SentryGlas® converteu-se numa componente de engenharia, que faz com que o vidro seja um elemento estrutural mais ativo no edifício, permitindo além disso, uma maior liberdade no momento de projetar a estrutura exterior.

PROPRIEDADES

Durabilidade: SentryGlas® é extremamente duradouro e resistente à intempérie, uma vez que os topos abertos do vidro realizados com estes intercalares fazem com que se mantenham como novos, mesmo vários anos depois da sua colocação, e às variações de temperatura e humidade. As lâminas resultantes podem suportar cargas estruturais mais pesadas que o PVB, fazendo de SentryGlas® uma escolha excelente para balaustradas e fachadas com caixilho e pontos de apoio mínimos.

Segurança: Com DuPont SentryGlas® cria-se um laminado resistente às forças da natureza, ao vandalismo, a explosões e a outros riscos para a segurança. Por outro lado, SentryGlas® melhora o rendimento do vidro em caso de impacto e oferece uma maior segurança perante condições climatéricas muito adversas como, por exemplo, furacões, ou ameaças pessoais como balas, bomba, etc.

Rigidez e leveza: SentryGlas® pode suportar ventos e impactos mais fortes que as paredes de tijolo, podendo optar-se por colocá-lo em contraventos, o que dotará o edifício de uma maior segurança perante estas agressões climatéricas adversas. O laminado mais rígido também contribui para uma baixa torsão do vidro. Além disso, estas capas intercalares apresentam uma leveza de até 40%, em comparação com o vidro laminado tradicional. A rigidez de SentryGlas® permite conservar a estrutura intacta, sem nunca se desprender, em caso de rotura.

Claridade e transparência: A grande claridade de SentryGlas® torna-o ideal quando se pretende um vidro extraclaro. Elimina o tom amarelado não desejado que pode acontecer com outras capas intermédias e projeta uma maior transparência, quando se combina com vidro com baixo teor de ferro. Depois de anos de uso, a capa intermédia mantém a sua transparência original.

Versatilidade no projeto: SentryGlas® pode ser utilizado em grande quantidade de projetos, com vidro plano ou curvo, além de poder ser incorporado em vidro temperado, endurecido, reforçado por calor, de parapeito, com desenhos ou pintado. Também se pode utilizar com vidro de baixa emissividade para uma maior poupança energética.

APLICAÇÕES
Fachadas, janelas, portas, claraboias e tetos de vidro. Guardas de vidro e balaustradas (corrimãos). Pavimentos e escadas de vidro.

Descargar Catálogo