Vidro arquitetônico do Tvitec na cúpula do pavilhão italiano na Expo 2015 Milão

15/05/2015  | Milán
A grande cúpula do pavilhão que representará a Itália na Expo 2015 em Milão tem o "Made in Spain" marca distintiva na parte superior. Tvitec desde cerca de 3.000 metros quadrados de vidro para "La Vela" (o véu), o nome que foi atribuído à cúpula deste projecto emblemático desenhado pelo Nemesi&Partners Studio.
 

 
Arquitectónico vidro, processados ​​e fornecidos pela Tvitec à bandeira da Itália, dá forma, com uma composição de vidro fotovoltaico, a cúpula que define este edifício único fora. É cerca de 2 800 m² de laminado e vidro isolante, revestimentos de vidro e de baixa emissividade baixo teor de ferro, que contribuem para o objetivo principal de promotor: Para um edifício de alta eficiência para além do seu excelente estética.
 
Uma das dificuldades técnicas mais significativas de fornecimento de vidro para este projeto espetacular foi o tratamento de dezenas de grandes janelas com uma geometria diferente: triangular, rectangular e trapezoidal. A cúpula é um cristal vela inovador e futurista e aço que foi desenvolvido e instalado pela empresa italiana revestimento Stahlbau Pichler.
 
A cúpula chega a uma altura de 35m do lado de dentro em vez da Itália Pavilion, onde a grande janela permite a entrada de luz natural passar sobre a ágora centrais e corredores principais. Essa estrutura gigantesca é o centro simbólico de todo o projeto arquitetônico. Nemesi & Partners, Stahlbau Pichler e Tvitec selecionado Sunguard Blue Light HD 52 como um revestimento para unidades de vidro isolante, contribuir para um reforço do consumo de energia zero.
 

O peso total deste cúpula atingiu 350 toneladas. Além de economia de energia e de critérios de eficiência, orientações e requisitos rigorosos foram tidos em conta para garantir a integridade da "La Vela".
 
Tvitec tem a maior instalação de processamento de vidro arquitectónico em Espanha, localizado em Cubillos del Sil (Leon), e é uma das principais empresas europeias do sector do vidro. Em 2014, seu volume de negócios foi de 60 milhões de euros, dos quais 70% foram para o mercado externo, em particular o aumento da atividade na América do Norte.


 

Volver [-]